Curiosidades

[Curiosidades][grids]

Internet

[Internet][grids]

Politica

[Politica][grids]

Tecnologia

[Tecnologia][grids]

Saúde

[Saúde][grids]

Astronomia

[Astronomia][grids]

Beleza

[Beleza][grids]

Ciência

[Ciência][grids]

Porque você NUNCA deve comer alimentos com formigas!



Se você encontrasse uma barata no seu prato de comida ou em um pedaço de pão que você fosse comer, o que faria? Provavelmente você não conseguiria comer, não é mesmo? Mas, e quando é um alimento com formigas, ou melhor, uma única formiguinha? Você para de comer ou continua devorando depois de tirar o bichinho?

Por mais que as formigas pareçam um ser inofensivo devido ao seu tamanho e, na maioria dos casos, em sua incapacidade de ferir e atacar, a verdade é você JAMAIS deveria comer um alimento com formigas ou um pedaço de qualquer coisa por onde elas tenham passado. Isso porque ela se trata de um inseto e pode ser bastante nociva para a saúde humana, segundo a Ciência.


Estudos científicos já mostraram que as formiguinhas, inofensivas e aparentemente frágeis, estão em qualquer lugar… em qualquer lugar mesmo! Ao todo, acredita-se que elas somem uma comunidade de 10 quadrilhões em todo o planeta, onde já vivem há mais de 100 milhões de anos, muito mais que nossa própria espécie.

Então, além de estarem em sua cozinha, no seu jardim, tomando conta as migalhas que caem no chão e perturbando sua vida de inúmeras formas, as formigas estão também nas fezes, nas feridas, em animais em decomposição e, claro, no lixo. Logo, quando você come um alimento com formigas, você está comendo também inúmeros micro-organismos patogênicos, como vírus, bactérias e fungos.

Transmissores de doenças

Médicos em todo o mundo apontam que as formigas são verdadeiros agentes transmissores de doenças infecciosas, como gripe, tuberculose, verminoses, intoxicações alimentares, vômito, diarreia e até mesmo a lepra. Tenso, não?

Conforme estudo publicado na Revista de Saúde e Biologia (SaBios), todo esse potencial destruidor das formigas está nas patas. Pelo menos foi isso que a pesquisa identificou em formigas analisadas em ambientes hospitalares, em que foram identificados pelo menos 7 tipos de patogênicos diferentes nas patas dos insetos.

Aliás, conforme um outro estudo publicado pela Neotropical Entomology, podem ser essas formigas – que estão sobre suas frutas ou no seu armário de mantimentos -, as grandes responsáveis por rejeições, irritações, lesões na pele e vários outros “incômodos” presentes nos hospitais. Elas podem interferir até mesmo em resultados laboratoriais, caso passem em uma daquelas plaquinhas de vidro, por exemplo.

Formigas nos alimentos x baratas nos alimentos

E, voltando ao começo da matéria, quando comparamos baratas nos alimentos e formigas nos alimentos, fique sabendo que a formiguinha que você ignora pode ser muito pior que a feiosa barata. Até porque são as próprias formigas que dão fim (comendo, literalmente), o corpinho sem vida de muitas baratas encontradas mortas por aí. Já tinha pensado nisso?


Nenhum comentário: