Curiosidades

[Curiosidades][grids]

Internet

[Internet][grids]

Politica

[Politica][grids]

Tecnologia

[Tecnologia][grids]

Saúde

[Saúde][grids]

Astronomia

[Astronomia][grids]

Beleza

[Beleza][grids]

Ciência

[Ciência][grids]

O que são nebulosas planetárias?


Uma nebulosa planetária é um fenômeno que consiste em um núcleo brilhante em expansão de plasma e gás. As nebulosas planetárias são formadas quando uma estrela esgota o seu combustível nuclear e explode originando uma supernova. Este é um fenômeno relativamente breve do ponto de vista astronômica, uma vez que dura alguns milhares de anos, enquanto que o tempo médio de vida de uma estrela é de aproximadamente 10 bilhões de anos.

Devido a pulsações e a ação de intensos ventos estelares ocorre uma constante expansão da massa de energia que forma a nebulosa planetária. Após a expulsão destas camadas resta um pequeno núcleo com altas temperaturas e brilho intenso, de modo que as camadas que foram expulsas são ionizadas pela radiação proveniente do núcleo.

As estrelas possuem um complexo sistema de equilíbrio, e mantem seu funcionamento através das reações de fusão nuclear de elementos químicos menos densos em seu núcleo, este conjunto de reações proporciona um força de expansão muito grande para o exterior do núcleo da estrela, porém a ação da gravidade exerce pressão em direção ao núcleo tentando comprimir a mesma e proporcionando o equilíbrio.

Quando as reações de fusão do hidrogênio para formar hélio chegam ao ponto de não haver calor suficiente para fundir novamente o elemento resultante, o hélio passa então a se acumular no núcleo da estrela. Esse acumulo provoca aumento da pressão e a expansão do núcleo, fazendo com que a estrela se avermelhe. Após haver calor suficiente para fundir o hélio, outros elementos são formados, iniciando-se assim o processo de formação das nebulosas planetárias.

Esses conjunto de reações proporciona uma expansão das camadas externas da estrela formando então o núcleo da nebulosa. Este tipo de acontecimento possui um papel fundamental no estudo da astronomia, pois é um dos poucos que traz informações a respeito da evolução química das galáxias, no entanto ainda existem muitas questões a serem respondidas e pode levar algum tempo até que se compreenda completamente este fenômeno.






Por William Melo

Nenhum comentário: