Curiosidades

[Curiosidades][grids]

Internet

[Internet][grids]

Politica

[Politica][grids]

Tecnologia

[Tecnologia][grids]

Saúde

[Saúde][grids]

Astronomia

[Astronomia][grids]

Beleza

[Beleza][grids]

Ciência

[Ciência][grids]

Nasa anunciou a primeira foto da história tirada do interior da órbita da Júpiter.

Depois de uma entrada de sucesso na radioativa órbita jupiteriana - que exigiu que Juno desligasse todos os equipamentos e queimasse combustível para perder velocidade - a Nasa reativou as câmeras nesta semana. Agora, a agência anunciou a primeira foto da história tirada do interior da órbita da Júpiter.



A foto traz uma visão inédita do planeta: não é normal vermos Júpiter em "meia lua". Por conta da distância do planeta do Sol e dos ângulos de visão entre a Terra e Júpiter, só conseguimos observá-lo daqui completamente cheio.

Já Juno foi se aproximando de Júpiter "de ladinho". Suas primeiras órbitas vão ser longas e elípticas, passando a 4 milhões de km do gigante. Foi dessa distância que a foto foi tirada, no dia 10 de julho.

A incrível vista da nave mostra alguns detalhes na superfície gasosa do planeta, como as linhas marrom-avermelhadas, conhecidas como cinturões escuros. A famosa tempestade de ciclones que nunca termina, conhecida como a Grande Mancha Vermelha, também aparece na fotografia. A imagem mostra ainda três das quatro luas jupiterianas, descobertas por Galileu: da esquerda para a direita, Io, Europa e Ganymedes.

E há imagens muito mais impressionantes por vir. Em breve, Juno vai estar a 2,7 milhões de km de distância de Júpiter. Mas, em Outubro, chega a hora de investigar o planeta de perto: a nave vai mergulhar até chegar a apenas 4 mil km das nuvens do planeta. Através delas, os sensores da sonda vão espiar para descobrir o que Júpiter esconde debaixo de tanto gás.

Fonte: Super Interessante.

Nenhum comentário: